segunda-feira, 28 de março de 2016

Usar o celular dentro na empresa e no horário de trabalho pode ser proibido. A decisão é da Justiça do Trabalho e a medida pode ser tomada principalmente para evitar espionagem industrial ou acidentes com funcionários.

Os casos mais recentes levados a julgamento na Justiça ou Tribunal Regional do Trabalho resultaram em demissões com justa causa, por serem entendidos como indisciplina e descumprimento das normas da empresa, considerando infração.

Para proibir o uso dos aparelhos, a empresa precisa apresentar claramente a regra em regimentos internos, nos contratos de trabalho individuais ou até nas documentações para entrega de celular corporativo, que deve ser utilizado somente para fins profissionais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário